Público lota o Teatro de Santa Isabel para a comemoração dos 89 anos do CPM

Público lota o Teatro de Santa Isabel para a comemoração dos 89 anos do CPM

Centenas de pessoas lotaram o Teatro de Santa Isabel, no Recife, para prestigiar o 89º aniversário do Conservatório Pernambucano de Música (COM) nesta quarta-feira (07). O público assistiu a apresentação da cantora Mônica Salmaso juntamente com a Orquestra de Câmara de Pernambuco e com o pianista Nelson Ayres, que protagonizaram momentos de emoção no palco ao tocarem grandes clássicos da Música Popular Brasileira (MPB).

A pompa do teatro fez jus à qualidade musical da noite. Em sintonia com todos os músicos, sorriso largo e à vontade, Mônica saudou o público recifense como ela mesma o definiu diversas vezes durante a apresentação: com calorosidade. Acompanhada da Orquestra e de Nelson Ayres, a cantora interpretou canções Edu Lobo, Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Guinga, Paulo César Pinheiros, entre outros grandes nomes da MPB, e foi aplaudida de pé diversas vezes pelo público.

Na plateia, como espectador, o secretário de Educação e Esportes do Estado, Fred Amancio falou da importância da promoção de eventos culturais no Estado. “É sempre muito bom a gente poder participar do aniversário de uma instituição que assegura a música boa de verdade no nosso Estado, e eu tenho muito orgulho de, enquanto secretário, poder participar e auxiliar todos os eventos do CPM. A gente só tem a ganhar com a música de qualidade, com a arte”, disse.

Visivelmente entusiasmada, Mônica falou sobre a sua relação com a cidade do Recife e com o CPM, instituição na qual a cantora comemora uma longa parceria. “Eu tenho um afeto muito grande pelo Recife. Sempre venho para passear, visitar amigos, conhecer pessoas. É um lugar onde eu já tenho raízes. E vir para cá e encontrar o Santa Isabel tão bem conservado, tão bem cuidado, é confortante. Quando recebi o convite para me apresentar no aniversário do Conservatório, eu fiquei muito feliz, pois é um lugar de ensino da arte, e sei o quanto é heroico e cheio de amor o braço das pessoas que tocam esta escola”.

A apresentação encerrou com a “Ciranda da Bailarina”, de Edu Lobo e Chico Buarque, tocada duas vezes e que arrancou sorrisos da plateia pela interpretação “calorosa” de Mônica.

Osmar Barbalho, consultor cultural e espectador da noite, foi sucinto ao definir a noite. “Foi um show que todos nós merecemos. A gente vive um momento tão difícil no país, em que a cultura é colocada em segundo plano, e quando você vê um espetáculo como este, viaja no tempo, fica emocionado mesmo”. 

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

Espetáculo “Musicais” encanta plateia no Teatro de Santa Isabel

Espetáculo “Musicais” encanta plateia no Teatro de Santa Isabel Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Na palma da mão: Conservatório Pernambucano de Música lança aplicativo

Na palma da mão: Conservatório Pernambucano de Música lança aplicativo Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Confira a agenda de Setembro

Confira a agenda de Setembro Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Eventos

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias