Canções de Elis Regina no Palácio do Campo das Princesas

Canções de Elis Regina no Palácio do Campo das Princesas

O tributo foi feito pela cantora Sheyla Costa e Orquestra Matéria prima por meio do projeto Música no Palácio

Pernambuco comemorou o aniversário de Elis Regina com um show emocionante no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, no último domingo (17). O tributo a uma das maiores intérpretes do Brasil foi feito pela cantora Sheyla Costa, com a participação da Orquestra Matéria Prima, por meio do projeto Música no Palácio, do Conservatório Pernambucano de Música (CPM). A apresentação aconteceu no Salão de Entrada do equipamento e foi aberta ao público, que lotou o local.

A performance de Sheyla arrancou suspiros da platéia que, encantada, se sentiu muito íntima e próxima de Elis pela semelhança física e pela semelhança do timbre de voz da artista. A energia dos movimentos da cantora, juntamente com o entrosamento dos músicos e a harmonia do som fez o público viajar no tempo, que reviveu, em uma hora, os tempos áureos da música popular brasileira das décadas de 1960 e 1970.

  

“Upa neguinho”, foi a canção de abertura, seguida de composições como “Dois pra lá e dois pra cá”; “Tiro ao álvaro”; “Alô alô marciano”; “Madalena”; e “Maria, Maria”. Mas foi a música “Como nossos pais”, de Belchior, que tirou lágrimas do público, evidentemente composto, em sua maioria, por fãs de Elis de diferentes idades. Emocionada, a turista Ana Reis, de 20 anos, não segurou as lágrimas com o repertório. “Eu estava num bar próximo daqui, e quando soube, pelas redes sociais, vim correndo para assistir o show. Sou muito fã de Elis e ouvi-la na sede de um governo é incrível. As canções sobre feminismo, resistência política e luta estão tão atuais quanto na década de 60, e ver famílias lotando esse local para reverenciá-la dá a nossa juventude uma esperança para dias melhores”, disse.

 

O psicólogo Thiago Barreto foi acompanhado do namorado, Glaydson Matias, ambos fãs de carteirinha da cantora. Os dois sempre prestigiam a programação cultural do Recife e participaram da platéia do Música no Palácio pela segunda vez. “Eu acho muito importante esse tipo de iniciativa que promove cultura e arte para o povo de forma gratuita. E ouvir Sheyla interpretando Elis, com os mesmos trejeitos, sorriso e energia, é renovador. Esse tipo de apresentação vem para nos confortar, porque a arte e a música têm esse poder”, contou Thiago.

 

O show foi criado há três anos, quando Sheyla voltou da França, onde morou por 19 anos. No Brasil, a cantora criou “Na pele de Elis”, cujo repertório conta com três horas de espetáculo, apresentado recentemente no Janeiro de Grandes Espetáculos. “Hoje é um dia muito importante pra gente, que aprecia Elis. Todo o repertório que ela escolheu em vida foi muito engajado em causas femininas, sociais, e é sempre muito atual. São músicas que retratam situações que perduram, e acho que a juventude precisa resgatar essa essência de Elis para ter uma abertura maior da mente. Estou muito feliz e emocionada em poder trazer toda essa bagagem para este local”, declarou Sheyla.

 

 

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

CPM dá início nesta quinta-feira a segunda edição do projeto Mulheres na Música: Precisamos tocar neste assunto

CPM dá início nesta quinta-feira a segunda edição do projeto Mulheres na Música: Precisamos tocar neste assunto Compartilhe nas redes ...
Leia Mais
/ Notícias

Comunicado importante

Comunicado importante  Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Inscrições para curso de iniciação musical encerra nesta quarta-feira (13)

Inscrições para curso de iniciação musical encerra nesta quarta-feira (13) Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias