Segunda noite de concerto em homenagem aos 87 anos do CPM reuniu a Orquestra de Câmara de Pernambuco e o Coro de Câmara do CPM

Segunda noite de concerto em homenagem aos 87 anos do CPM reuniu a Orquestra de Câmara de Pernambuco e o Coro de Câmara do CPM

A segunda noite das comemorações dos 87 anos do Conservatório Pernambuco de Música (CPM), no Teatro Santa Isabel, contou com um espetáculo protagonizado pela Orquestra de Câmara de Pernambuco e o Coro de Câmara do COM, sob a regência do maestro José Renato Accioly. Antes das apresentações oficiais, o público presente apreciou ainda um flash mob com o grupo Blue Jeans. A ação, que aconteceu no hall de entrada do teatro, foi embalada por músicas dos anos 70.

Formado por alunos de instrumentos da escola, mas que também cantam, o Blue Jeans fez o público dançar ao som de músicas como “Minha fama de mau” e “Meu carro é vermelho”, ambas de Erasmo Carlos. “Estamos aqui esperando para entrar em um concerto e, de repente, surgem esses meninos talentosíssimos, achei o máximo”, declara Luiza Borba. “Esse foi um aquecimento para essa noite tão especial. Pela segunda vez, apresentamos nosso projeto em versão flash mob, e acho que é muito legal ver o encantamento do público, a surpresa, isso é muito recompensador”, diz Wevertton Weslley, cantor do grupo.

Regida pelo Maestro José Renato Accioly, a Orquestra de Câmara, na companhia do Coro de Câmara, realizaram o concerto divido em duas partes. Na primeira parte do concerto os solistas Rodrigo Cruz e Mônica Muniz, interpretaram, respectivamente, “Canção do Toreador” e “Habanera”, ambas da Ópera de Carmem. Já a solista Natália Duarte interpretou a Ária da Boneca da Ópera “Les contes d’Holffmann”. “Fui aluna do conservatório no curso técnico em canto e, para mim, é uma honra participar desse concerto. É uma oportunidade maravilhosa de mostrar tudo que foi aprendido e estar participando desse momento em homenagem aos 87 anos do CPM, é maravilhoso”, fala Natália.

Na segunda parte do concerto, os músicos relembraram clássicos da Disney como músicas “A Noviça Rebelde”; “O Fantasma da Ópera”; “O Rei Leão”; entre outras. “É com muita alegria estar que estamos mostrando as possibilidades que a música vocal tem. Fazemos Ópera e vamos mostrar algo mais intimista, como música de câmara com instrumentos de cordas e solistas, além dos musicais, que é uma derivação da Ópera”, pontua o regente.

A noite também foi especial para Rosineide Rangel, que levou a mãe Josefa Rangel, de 100 anos, para assistir pela primeira vez um concerto. “Foi maravilhoso, espetacular, uma noite inesquecível. Minha mãe ficou encantada com o talento dos cantores”, declara.

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

Confira a agenda de Setembro

Confira a agenda de Setembro Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Eventos

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Público lota o Teatro de Santa Isabel para a comemoração dos 89 anos do CPM

Público lota o Teatro de Santa Isabel para a comemoração dos 89 anos do CPM Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Confira a agenda de agosto

Confira a agenda de agosto Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Eventos