Quarta Musical traz o lançamento do 2º CD Valsas Pernambucanas do pianista Fernando Muller

Quarta Musical traz o lançamento do 2º CD Valsas Pernambucanas do pianista Fernando Muller

Assessoria de ComunicaçãoO Conservatório Pernambucano de Música (CPM) abre o projeto “Quarta Musical”, neste mês de maio, com o lançamento do 2º Volume do CD “Valsas Pernambucanas”. O disco foi gravado por Fernando Müller no estúdio do CPM com composições de Inaldo Moreira. A apresentação acontece nesta quarta (04), a partir das 19h30, no estúdio do Conservatório, com entrada gratuita.Neste segundo cd, Inaldo Moreira intensifica o seu afastamento da linguagem musical essencialmente romântica, já perceptível no volume 1 das valsas pernambucanas. Como é sua característica, as composições possuem nomes femininos, o que poderá ser observado no repertório que será apresentado no lançamento desta quarta. Entre as músicas que serão executadas estão, Cléa Müller Melissa, Angélica Arruda, Elisângela Araújo, Luciana Zenti, Lalinha e Cilinha.Fernando Müller – Natural do Paraná, iniciou seus estudos musicais no Conservatório Pernambucano de Música com a professora Helena Farias. Concluiu o bacharelado de piano na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a pós-graduação na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Müller é mestre de Interpretação Pianística pela Universidade de Montreal no Canadá e professor do CPM, também é pianista da Orquestra Sinfônica do Recife. Em 2005 gravou o Concerto para Piano e Orquestra de José Alberto Kaplan, junto a Orquestra da Paraíba. Participou ainda de diversos festivais e Master Class, onde teve aulas com os professores Marco Antônio Almeida (Brasil-Alemanha); Mariane Jacobs (Suéca); Antônio Guedes Barbosa (EUA); Luís Carlos de Moura Castro (EUA); Dang Thai Son, José Van Dam, Grace Bumbry, Marilyn Horne e Dalton Baldwin. Realizou ainda especialização em co-repetição com a professora Kathe Janiczewzki (Brasil-Alemanha).Inaldo Moreira – iniciou seus estudos musicais em 1949, e do clarinete em 1952. Desde 1999 estuda harmonia com Nenéu Liberalquino. Fez parte da Banda do Liceu de Artes e Ofícios entre 1953 e 1956, e participou do Coral do Carmo entre 1956 e 1965. No final dos anos 90 começou uma prolífica carreira de compositor, que inclui frevos, choros, valsas, bem como suítes para vários instrumentos e um concertino para clarinete e orquestra, interpretados por grandes músicos de Pernambuco, do Brasil e do exterior. Sua crescente produção musical, conhecida em vários estados do Brasil, está bem documentada em mais de uma dezena de CDs, e seu trabalho foi reconhecido em 2001 com a premiação do frevo Recordando Lito no concurso da Prefeitura da Cidade do Recife, chamado FREVOÉ.

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

CPM dá início nesta quinta-feira a segunda edição do projeto Mulheres na Música: Precisamos tocar neste assunto

CPM dá início nesta quinta-feira a segunda edição do projeto Mulheres na Música: Precisamos tocar neste assunto Compartilhe nas redes ...
Leia Mais
/ Notícias

Comunicado importante

Comunicado importante  Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Inscrições para curso de iniciação musical encerra nesta quarta-feira (13)

Inscrições para curso de iniciação musical encerra nesta quarta-feira (13) Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias