Quarta Musical traz o lançamento do 2º CD Valsas Pernambucanas do pianista Fernando Muller

Quarta Musical traz o lançamento do 2º CD Valsas Pernambucanas do pianista Fernando Muller

Assessoria de ComunicaçãoO Conservatório Pernambucano de Música (CPM) abre o projeto “Quarta Musical”, neste mês de maio, com o lançamento do 2º Volume do CD “Valsas Pernambucanas”. O disco foi gravado por Fernando Müller no estúdio do CPM com composições de Inaldo Moreira. A apresentação acontece nesta quarta (04), a partir das 19h30, no estúdio do Conservatório, com entrada gratuita.Neste segundo cd, Inaldo Moreira intensifica o seu afastamento da linguagem musical essencialmente romântica, já perceptível no volume 1 das valsas pernambucanas. Como é sua característica, as composições possuem nomes femininos, o que poderá ser observado no repertório que será apresentado no lançamento desta quarta. Entre as músicas que serão executadas estão, Cléa Müller Melissa, Angélica Arruda, Elisângela Araújo, Luciana Zenti, Lalinha e Cilinha.Fernando Müller – Natural do Paraná, iniciou seus estudos musicais no Conservatório Pernambucano de Música com a professora Helena Farias. Concluiu o bacharelado de piano na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a pós-graduação na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Müller é mestre de Interpretação Pianística pela Universidade de Montreal no Canadá e professor do CPM, também é pianista da Orquestra Sinfônica do Recife. Em 2005 gravou o Concerto para Piano e Orquestra de José Alberto Kaplan, junto a Orquestra da Paraíba. Participou ainda de diversos festivais e Master Class, onde teve aulas com os professores Marco Antônio Almeida (Brasil-Alemanha); Mariane Jacobs (Suéca); Antônio Guedes Barbosa (EUA); Luís Carlos de Moura Castro (EUA); Dang Thai Son, José Van Dam, Grace Bumbry, Marilyn Horne e Dalton Baldwin. Realizou ainda especialização em co-repetição com a professora Kathe Janiczewzki (Brasil-Alemanha).Inaldo Moreira – iniciou seus estudos musicais em 1949, e do clarinete em 1952. Desde 1999 estuda harmonia com Nenéu Liberalquino. Fez parte da Banda do Liceu de Artes e Ofícios entre 1953 e 1956, e participou do Coral do Carmo entre 1956 e 1965. No final dos anos 90 começou uma prolífica carreira de compositor, que inclui frevos, choros, valsas, bem como suítes para vários instrumentos e um concertino para clarinete e orquestra, interpretados por grandes músicos de Pernambuco, do Brasil e do exterior. Sua crescente produção musical, conhecida em vários estados do Brasil, está bem documentada em mais de uma dezena de CDs, e seu trabalho foi reconhecido em 2001 com a premiação do frevo Recordando Lito no concurso da Prefeitura da Cidade do Recife, chamado FREVOÉ.

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

Plateia lota Palácio do Campo das Princesas em apresentação de Arthur Philipe

Plateia lota Palácio do Campo das Princesas em apresentação de Arthur Philipe Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Coro Infantil do CPM abrilhanta Teatro Guararapes em apresentação emocionante

Coro Infantil do CPM abrilhanta Teatro Guararapes em apresentação emocionante Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Grupo SaGrama anima manhã de domingo no projeto Música no Palácio

Grupo SaGrama anima manhã de domingo no projeto Música no Palácio Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Conservatório Pernambucano de Música abre inscrições para Cursos

Conservatório Pernambucano de Música abre inscrições para Cursos Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias