Quarta Musical unirá clarinetista e quarteto de cordas no Conservatório Pernambucano de Música

Quarta Musical unirá clarinetista e quarteto de cordas no Conservatório Pernambucano de Música

Assessoria de ComunicaçãoO clarinetista Jônatas Zacarias e o Quarteto Egan estarão, nesta quarta-feira (5), interpretando duas obras de Mozart: o quarteto em Si bemol maior K 317d e o quinteto em Lá maior K 581, ambos para clarinete e cordas. A apresentação acontecerá a partir das 19h30, durante o Quarta Musical do Conservatório Pernambucano de Música (CPM), no auditório da instituição e a entrada é gratuita.A sonata para violino e piano, K. 378 (317d), tem origem no quarteto para clarinete, violino, viola e cello em Si bemol maior, que embora Mozart fizesse arranjos de suas peças originais para outras formações, é mais provável que esse quarteto tenha sido composto por Johann Anton André (1775-1842). André era um compositor e editor de música em Viena, que comprou mais de 200 manuscritos de Mozart de sua viúva, Constanze. Pelo trabalho de edição cuidadosa ele é considerado o pai da pesquisa em Mozart. O quinteto para clarinete e quarteto de cordas, K. 581, é uma obra escrita por Wolfgang Amadeus Mozart em 1789 para Anton Stadler.Jônatas Zacarias iniciou seus estudos musicais aos 9 anos de idade com seu pai. Aos 16 anos ingressou no Centro Profissionalizante de Criatividade Musical do Recife no Curso de Clarinete na classe do Prof. Manoel Agostinho. Participou de diversos cursos, festivais e master classes tendo aulas com renomados professores Michel Arrignon (França), Richard Veillei (França),  Luiz Rossi (Argentina), Edmilson Néri (SP), Luiz Afonso Montanha (SP), entre outros. Coordenou o VIII Encontro Brasileiro de Clarinetistas e atualmente ocupa as funções de clarinetista da Orquestra Sinfônica do Recife e professor de clarineta do Conservatório Pernambucano de Música.Desde 1991, o Quarteto de Cordas Egan apresenta concertos que reúnem as peças mais tradicionais do repertório erudito, composições do estilo armorial e arranjos dos Clássicos da Música Popular Brasileira. Obteve o “Prêmio Troféu Nordeste” no ano de 1994 por sua notória divulgação da música instrumental brasileira e regional. Os seus CD’S, que celebram os 500 anos do Brasil e “ As Sete Últimas Palavras De Cristo” de J. Haydn, estão cotados entre os mais vendidos da música instrumental de produção livre. 

Compartilhe nas redes sociais

LEIA MAIS

Espetáculo “Musicais” encanta plateia no Teatro de Santa Isabel

Espetáculo “Musicais” encanta plateia no Teatro de Santa Isabel Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Na palma da mão: Conservatório Pernambucano de Música lança aplicativo

Na palma da mão: Conservatório Pernambucano de Música lança aplicativo Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias

Confira a agenda de Setembro

Confira a agenda de Setembro Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Eventos

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito

Conservatório Pernambucano de Música encerra comemoração dos 89 anos com concerto erudito Compartilhe nas redes sociaisFacebookTwitterGoogle+ ...
Leia Mais
/ Notícias